sábado, 9 de julho de 2011

CRÔNICAS INTOLERANTES: O RATO PUTREFATO

Arte Gráfica por João Ribeiro

http://johnrivercartoon.blogspot.com/



"Vivendo debaixo da casa,
Supostamente vivo, sou um rato
Tudo o que tenho é tempo,
Sem sentido, só uma rima"
(Creep - Stone Temple Pilots)

A cabeça de um rato morto rodeada de formigas fincava-me o olhar frente a porta do meu quarto no exato momento em que a abri. Olhava-me desafiadoramente como se estivesse vivo. Não sabia ele que aquele era o olhar de um rato morto para um rato putrefato.

De rato entendo bem. Sei como é viver no escuro e se alimentando do pouco que pode roubar. Ser perseguido pela escoria mais assassina que é o ser humano. Achar na hora certa um lugar quentinho para acomodar seus furtos e descansar sua cabeça.

Dias depois senti o cheiro horrível que invadia a casa, era cheiro de rato morto. Cheirei a mim mesmo para me certificar de que o rato morto era o outro, e era mesmo, mas não consegui encontrar a sua catinga e o cheiro perdurou por dias e por dias pensei muito na minha condição como rato.

Um rato é o que eu sou e nada mais! Não morto nem vivo, mas um rato que apodrece aos poucos e que vê a qualquer momento o fim de sua lastimosa vida.

Um comentário:

abstenção porque sim disse...

este rato anda cheio de sucesso... não me importo que uma porradona de sites o usem mas ao menos um obrigado, ainda demorei um pouco a desenha-lo

http://johnrivercartoon.blogspot.com

Seguidores

Revista Palmito City

Minha foto

Revista Intolerante é um blog tocantinenses que trata de cultura e ponto de vista. Sempre abrangendo os trabalhos de artistas marginais e emitindo ponto de vista de vários aspectos sociais.