terça-feira, 14 de junho de 2011

VÍDEOS: JARDIM SUSPENSO

Depois do último projeto de banda em Palmito City http://revistaintolerante.blogspot.com/2008/07/cd-antropofagia-da-banda-http.html e um CD reconhecidamente como válido pela crítica mais fora do senso comum, apesar de ter sido um disco de estúdio de fundo de quintal, eu decidi dar uma parada em função da dificuldade de formar banda em terrenos de difícil compreensão musical. Somado a isso, problemas pessoais bem sérios que me empurraram para o canto do meu quarto revendo e avaliando coisas a respeito de mim mesmo e das coisas que me cercam. Decidido a refazer um projeto esse ano, apresento o Jardim Suspenso.

O projeto se baseia em fazer músicas bem mais intrigantes do que antes - se o maciço número de pessoas desta região não entendeu o disco Antropofagia, melhor nem passar perto do que vem por ai - com letras calçadas em sentimentos pessimista ou otimistas além da conta e melodias que vão do folk rock ao alternativo. Sem banda e apenas com uma percussão de Marcelo Batista, o lançamento do projeto Jardim Suspenso foi lançado em Paraíso dias atrás na Oficina Geral, espaço administrado por Cláudio Macaggi da banda Poetas do Caos. Um espaço rústico - moderno, plantado bem no pé da serra do Estrondo, com uma disposição artística impressionante no que diz respeito arquitetura de espaço para evento e entretenimento. Na ocasião, fluiu um vídeo da música Aurora Boreal do novo projeto. Aguardem que logo tudo o que se tem a fazer em relação a produção de material e apresentações já estará saindo da cozinha. Ciao!

Agradecimentos ao Cláudio Macaggi e a Oficina Geral. Valeu!

Projeto Jardim Suspenso
Música: Aurora Boreal

2 comentários:

Anônimo disse...

Massa. Boa sorte no novo projeto. George

Maluca Beleza disse...

Viajei nessa música...
Q os bons ventos te tragam muitas energias positivas e inspiradoras sempre, Rivas!!

Seguidores

Revista Palmito City

Minha foto

Revista Intolerante é um blog tocantinenses que trata de cultura e ponto de vista. Sempre abrangendo os trabalhos de artistas marginais e emitindo ponto de vista de vários aspectos sociais.