terça-feira, 6 de julho de 2010

A QUEM SE DIGA ROMANTICO

Achava-se romântico ao entender que as coisas ao seu redor deveriam ser menos agressivas, assim passou a seguir seu coração e decidir sua vida por meio de poemas encantadores e a ouvir canções que lhe fizesse pensar que desta forma o mundo seria melhor.

Tempos passados percebeu-se sozinho, que as pessoas preferiam estar perto onde os tambores batucavam mais vazios e sem expressão e por algum tempo decidiu saber como é o mundo longe da beleza da poesia, das cores e do lirismo, o resultado foi trágico e catastrófico.

A relação entre o romântico e o mundo é de uma distancia singular. Por isso dizem que poesia é coisa para poucos e que os românticos são pessoas solitárias, quanto a mim, prefiro ainda assim, ser um romântico compadecido com a dor dos que sofrem por saberem amar, tal qual a mim.

Um comentário:

Remorróida disse...

Quando a gente tenta ver e ouvir o mundo por debaixo da agua a gente persebe que ele é caótico e barulhento.
Há quem goste desse caos e barulho.
Há quem ache tudo isso inutil e passa a dar atenção a si priprio.

Vaidade é o veneno.

Seguidores

Revista Palmito City

Minha foto

Revista Intolerante é um blog tocantinenses que trata de cultura e ponto de vista. Sempre abrangendo os trabalhos de artistas marginais e emitindo ponto de vista de vários aspectos sociais.