quarta-feira, 10 de junho de 2009

PMW


QUEM É VOCÊ? EU FAÇO UM FESTIVAL AQUI PERTO! E DAÍ? O QUE É QUE EU TENHO COM ISSO?

Assim. Eu acho que uma das grandes dificuldades em se fazer um evento é conter o número de entradas grátis. Porque, todo cara que conhece o organizador acha que tem que entrar por que é amigo, e não é assim, ao contrário, os amigos teriam que ajudar o organizador pagando a entrada.

Que nem gravar CD, a banda grava e na hora de vender os amigos acham que têm que ganhar e não é, tem é que comprar por que assim ajuda a banda.

Então fica assim, o cara que é amigo da banda acha que deve ganhar cd de graça e o cara que é amigo do organizador do festival acha que pode levar a família toda por que tem direito de entrar de graça, mas na moral, não tem não, tem é que ajudar o cara.

Mas em se falando de PMW um lance me bateu fortemente hoje. O cara que organiza o JUNTA TRIBO FESTIVAL em RIO SONO, conversava comigo no MSN e falou assim:

“cara c sabe quanto é a entrada no PMW?”

Eu falei logo né? Como assim? Você não tem entrada? O cara diz, não nem sei o preço!

Puta que pariu! Ano passado no JUNTA TRIBO eu tava em MT e não pude ir, mas quando eu cheguei em Palmas só o que eu ouvia era que o Festival tinha sido muito massa. Fiz até uma matéria no blog sobre o assunto.

Mas o cara que faz a merda do festival em Palmas nem tem informação sobre o assunto e nem o resto da laia se toca pra isso, de que:

UM CARA QUE FAZ UM FESTIVAL DE ROCK EM UMA CIDADE COMO O RIO SONO, MIRACEMA, GURUPI, ARAGUAINA, OU SEJA LÁ ONDE FOR, TERIA QUE TER ENTRADA FREE EM QUALQUER FESTIVAL DO ESTADO.

Não senhor! Não venha me dizer que o Gustavo ou o André não saibam quem é o DANIEL, O CASSIO OU O THIAGO de Rio Sono, Miracema ou Gurupi. Ah ta! Mas o Cássio e o Thiago tiveram entrada FREE no festival, sim tiveram, por que foram com suas bandas e saiba lá Deus a burocracia pra poder tocar. Será que como organizadores de festivais pequenos entrariam? Difícil de saber.

A merda é por que a concorrência não tem nada a ver.

Na verdade o que rola é o seguinte, o cara que faz o festival de rock no estado deveria ser contatado pelo organizador do PMW, impressa, babão ou sei lá mais o que para receber a entrada no festival. E sobre os outros a mesma coisa. No caso dos festivais das cidades do interior do Estado, tenho certeza que se o Gustavo chegasse não precisaria pagar entrada, pois os camaradas logo respeitariam como um dos seus, não sei se estou equivocado, se estiver por favor me corrijam.
Que nada rapá! Vamo respeitar ai porra, os caras fazem os festivais nas coxas caralho! A experiência de ir nos festivais maiores e ver bandas bacanas deveria ser um direito. Não adianta, está ai a minha matéria sobre esse festival. Parabéns aos organizadores, as bandas são maravilhosas, mas me desculpem, não vejo o universo do rock assim. Bom Show a todos vocês!

2 comentários:

[PaTrIcK] [cUnHa] ®™ disse...

vc ñ esta equivocado
hehe...
tem é q ir lah e ver oq rola, pra depois falar oq vc acha...
+ pelo oq eu pude ver até o mento foi paia...
cancelar palestras por falta de publico.

TO no underground disse...

"o caso dos festivais das cidades do interior do Estado, tenho certeza que se o Gustavo chegasse não precisaria pagar entrada, pois os camaradas logo respeitariam como um dos seus, não sei se estou equivocado, se estiver por favor me corrijam."

Qualquer produtor, artista e até público que vierem de outras cidades para prestigiar os nossos eventos aqui, terão entradas grátis ou descontassos!

vide FMI.. Mata-Burro e Criticos vieram trouxeram 5 carros lotados!

cerca de 25 pessoas.. dos quais 8 eram das bandas! NENHUM convidado deles pagou ingresso!

Seguidores

Revista Palmito City

Minha foto

Revista Intolerante é um blog tocantinenses que trata de cultura e ponto de vista. Sempre abrangendo os trabalhos de artistas marginais e emitindo ponto de vista de vários aspectos sociais.