sábado, 14 de fevereiro de 2009

ROQUEIROS DE REDE

A coisa mais maravilhosa do mundo para o universo da música foi a Internet. Desde que foi possível baixar o que quiser a industria fonográfica se fodeu com vendas e exploração de CD e DVD.
As bandas passaram a sobreviver daquilo que já sobreviviam: shows. Por que não se engane, aquele papo de que uma banda vendeu UM MILÃO DE COPIAS, é bom pra banda por causa da divulgação, mas, em se falando de grana quem ganha mesmo são as produtoras e gravadoras. O que põe dinheiro no bolso de uma banda mesmo é show.

Mas ai vem um agravante da net, é quando a galera baixa, mas não vai nos shows. Não comprar o cd tudo bem, mas baixar de graça e ficar falando sem for no show é foda.

No blog mesmo, quando falo bem ou falo mal de banda ou evento, fico puto quando nego que não participa fica comentado besteira baseado no que os outros falam.

Há atualmente em Palmito City uma penca de moços que não se movem para dar um passo para conferir as bandas. Seria importante se aqueles que baixam e lêem aqui no blog sobre alguma banda ou evento participassem. É uma questão de conhecimento, de somar para o crescimento.

E a coisa pior ainda é que se você for no shoppleque no mesmo dia de um show de rock ta um monte de retardado lá pra tentar comer menina fácil, mas no rock não vai. Tá no rock não se come ninguém, mas que diabos de fragilidade é essa que o miserável não pode tirar o dia de rock pra curtir de boa sem pensar naquilo. E pra falar a verdade a maioria vai nessas porras e não come ninguém e quando come é aquela catilanga que todo mundo já fodeu.

Roqueiros de mares estranhos. São estes mesmos que se juntam para dizer que o rock ta assim e assim. Pra puta que pariu. Navegue. Divirta-se, mas, pô, vá no show debiloide.

Nenhum comentário:

Seguidores

Revista Palmito City

Minha foto

Revista Intolerante é um blog tocantinenses que trata de cultura e ponto de vista. Sempre abrangendo os trabalhos de artistas marginais e emitindo ponto de vista de vários aspectos sociais.