terça-feira, 2 de setembro de 2008

EDITORIAL. DARTH VADER















ESTRELAS DECADENTES SOB O CÉU NOTURNO DE PALMITO CITY

Há um fato maravilhoso que ocorre na esfera celeste à noite, inspirador de poetas e geralmente quando acontece os mais românticos ou inocentes fazem pedidos. São as estrelas cadentes. Elas cortam o céu manifestando um caminho de luz fulgurante que encantam a todos.

Quando vistas de uma ótica simplória e enfatizada pelo senso comum são estrelas. Quando analisadas por uma visão mais técnica e cientifica são fragmentos de meteoritos que se queimam ao atravessar a atmosfera, ou seja, restos do nada queimados pela conseqüência de sua queda provocada pelo desequilíbrio. As estrelas cadentes – recebem este nome em função da luz – se caracterizadas pelas suas essências na verdade seriam então ESTRELAS DECADENTES.

Sob o céu noturno de Palmito City é possível ver estas estrelas em abundancia, errantes e desprovidas do equilíbrio universal. São aqueles artistas que acham que sabem de tudo. Donos da razão e somente o que fazem é útil para a classe considerada informada, mas que na verdade são apenas colecionadores de recortes de informações.

Só conhecem as mesmas músicas, só tocam aquelas coisas que nossos avós tocavam e conversam sempre aqueles assuntos chatos sobre divisões, produções e quem é o melhor e quem é o pior do seu meio, isto é, insuportáveis de galochas.

Uma vez que seus pequenos miolos não conseguem absorver todo tipo de informação, se enclausuram nas modinhas de MPBs e o tal de SAMBA ROCK, que na verdade de samba e rock não tem nada.

O que incomoda não é essa ignorância falaz, todo mundo tem o direito de enganar-se a si mesmo, o que indigna é esses bostas chegarem nos lugares com olhar de desdém para com as outras pessoas que não dividem o seu mesmo cinturão de asteróides. O que eles querem deixar bem claro é seu tira sarro mesmo. Eles querem que você saiba que para eles não interessam sua opinião, uma vez que eles estão bem protegidos pelos egos infláveis que o dominam. Eles querem tomar Palmito City. Eles prometem transformar a cultura deste lugar na falsa intelectualidade que futuramente ira servir de gozação para todos.

É uma piada que caras caem lá de suas terras onde não conseguiram sucesso, talvez quase passando fome, chegam por aqui quase que dizendo: “SAIAM DA FRENTE EU CHEGUEI!”

Imbecis. Idiotas que dependem de círculos de pessoas burras, mas que se gloriam por se acharem bonitinhos ou por que andam em seus carrinhos semi – novos comprados em 80 prestações e com avalistas.

Mas a revista INTOLERANTE entra neste seriado de STAR WARS para suscitar a ira e provocar os ânimos raivosos contra esses malditos fragmentos do nada que vêm lá de suas terras para caírem em Palmito City.

Queimem no fogo dos seus egos malditos ignorantes que se apoderam da inocência de tolos garotos e garotas que sustentados pelos pais não conseguem ver um palmo a frente do seu nariz. Queimem no fogo de seus conhecimentos limitados, a qual vocês vendem como produto de luxo, sendo que no fundo é apenas cinzas do que já foi deixado para trás.

Eu, Darth Vader, prometo perseguir o rastro de sua nave e provocar o máximo de discussões possíveis a respeito desta mesquinha identidade que começa a se formar em Palmito City.

Vós não sois estrelas meros aberrantes, vós sois restos de lixo espacial que brilham ao se queimarem na fronteira da ignorância e do verdadeiro conhecimento.

Burn, Burn, Burn. Fuck fake stars!!!

Um comentário:

Bento disse...

Na insana fogueira santa a verdadeira arte queima feliz.
O motivo é só um, as cinzas ficam no chão, mas, sua fumaça, ah essa sim, alcança o céu.

Pra não intendedor: "RAZÃO DE CU É ROLA".

by Bento

Seguidores

Revista Palmito City

Minha foto

Revista Intolerante é um blog tocantinenses que trata de cultura e ponto de vista. Sempre abrangendo os trabalhos de artistas marginais e emitindo ponto de vista de vários aspectos sociais.