quinta-feira, 14 de agosto de 2014

LUGARES E OPÇÕES: BLUESTECO


Desde o extinto bar, Bilhar Brasil, até a Distribuidora/Bar, Primus, um fluxo migratório de pessoas povoam as calçadas de Palmito City. 

Funciona como o nascimento das estrelas, morre um para dar vida ao outro lugar. Os frequentadores, migram na intenção de manter o vínculo com seus círculos sociais e em busca de novos conhecimentos, ou simplesmente para estarem no que os mesmos chamam de "muvuca". 

Seguindo essa máxima, por último era o Bar Sete Copas que agregava maior numero de alternativos que aos poucos foram seguindo caminho para o Primus, até que no ambiente santo de uma igreja evangélica surgiu o Bluesteco, bar com sinucas, vitrola e decoração voltada para o Blues e Classic Rock. 

A grande diferença do novo point em relação ao Primus e ao Sete Copas é a questão do atendimento. Enquanto no Primus os sedentos caçadores noturnos se aglomeram sobre um portão esticando seus braços e clamando aos atendentes que lhe deem, pelo amor de Deus, uma mísera cerveja, no Bluesteco dá pra ficar mais a vontade, ouvindo um som bacana e tendo um atendimento com mais respeito.

Vida longa ao bar do Blues e que não seja mais um lugar que substitua outro, mas um dos bons lugares para irmos.

Nenhum comentário:

Seguidores

Revista Palmito City

Minha foto

Revista Intolerante é um blog tocantinenses que trata de cultura e ponto de vista. Sempre abrangendo os trabalhos de artistas marginais e emitindo ponto de vista de vários aspectos sociais.